DESTAQUES
Emanuel Pinheiro participa de lançamento de livro de jornalista que conta história de famílias pioneiras cuiabanas - Cultura

O evento ocorreu na noite desta terça-feira (20), na Casa Barão, localizada no Centro Histórico

 

Com o canto do Coral Municipal da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer e a apresentação do grupo musical Pequena Luz, a jornalista e autora do livro “Gente que fez, gente que faz Cuiabá: inventário de famílias pioneiras cuiabanas",  Neila Maria Souza Barreto, lançou a sua grande obra que conta história de pessoas que ajudaram a construir Cuiabá nesses 302 anos. 

O evento ocorreu na noite desta terça-feira (20), na Casa Barão, localizado no Centro Histórico e contou com a presença das famílias tradicionais da cuiabania citadas no livro, do prefeito Emanuel Pinheiro, vice-José Roberto Stopa, secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite, ex-secretária de Cultura do município, Carlina Jacob e demais membros que compõem o staff da gestão. 

 

O livro garante ao leitor a identificar as famílias cuiabanas por meio de um índice que permite localizar os troncos familiares ao longo dos séculos XVIII ao XXI. "Esse livro é uma solicitação da Prefeitura de Cuiabá, por causa do projeto do Parque da Família. O  prefeito Emanuel Pinheiro precisava de uma pesquisa séria que desse a ele o aval para que a praça fosse feita e o nome dessas famílias fossem registradas lá.  Hoje, através dessa obra, as pessoas irão conhecer aqueles que ajudaram a construir Cuiabá. É uma pesquisa séria e de fontes confiáveis que vai avaliar o trabalho da Prefeitura. É um prazer muito grande ter essa obra lançada e a gratificação é o encontro que tivemos aqui com as famílias antigas e com os  idosos que trazem  tantas histórias das épocas passadas", comentou a autora. 

 

O prefeito Emanuel Pinheiro elogiou a obra que eterniza a história e memória de grandes personagens homens e mulheres que escreveram  a história de bravura do povo cuiabano. "A família cuiabana se caracterizou pela bravura e fé inabalável em Deus, traduzido na fé católica e que  durante 250 anos, era nós e nós mesmo. Vivíamos desconectados do desenvolvimento nacional e tínhamos inúmeras dificuldades, sendo elas de transporte, comunicação e de qualquer desenvolvimento de qualquer  ordem. Vivíamos isolados no país que era focado no litoral. pós construção de Brasília é que começamos a conhecer a integração nacional. E nesse processo de interiorização é que começamos a ser descobertos para o mundo, e ao longo deste tempo muitos viveram nessa Cuiabá, grandes personagens que construíram a bela história da cuiabania, a tradicional família cuiabana. Este livro talvez seja a obra mais completa e dedicada à raiz e à cultura para simbolizar os 300 anos de história e bravura. Os nossos imortais merecem ser lembrados como estão sendo reconhecidos nesse livro.",  comentou o gestor.

 

Para o secretário de Cultura, Aluízio Leite, o lançamento desta obra mostra que a Prefeitura está valorizando a cultura e o povo cuiabano. " Nós fizemos questão de iniciar os nossos trabalhos valorizando aquilo que se produz aqui. Queremos mostrar  para a sociedade que é um indicativo de que queremos conversar com as forças vivas da sociedade. E esse início dos trabalhos teve que ser na Casa de Barão. Para conversar com a população de Cuiabá e com os seguimentos importantes,  é por isso que estamos aqui na Academia Matogrossense de Letras e também nesse evento junto com o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso. Esse livro é um regaste histórico e justo. É um inventário que homenageia todos aqueles que ajudaram no desenvolvimento de Cuiabá. A administração de Emanuel Pinheiro fez questão de homenagear essas pessoas que contribuem para o crescimento da nossa Capital",  comentou o secretário

 

A edição especial contém 352 páginas, apresenta mais de 900 troncos familiares, sendo 49 entre bandeirantes e pioneiros nas Minas do Cuyabá e na fundação do arraial de Cuiabá; 93 troncos no Período Colonial (de 1700 a 1822); 191 troncos no Período Imperial (1822-1889) e 663 troncos familiares no Período Republicano (de 1889 aos dias atuais). 

 

Sobre a autora

 

Neila Maria Souza Barreto é mestre em História pela UFMT (2005). Graduada em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT (1978) e bacharel em Jornalismo pelo Instituto Várzea-grandense de Educação, IVE (1995). Especializou-se em Ciências Políticas pela Faculdades Unidas de Várzea Grande, Univag (1998), Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade de Educação de Fátima do Sul, MS (1992) e Didática do Ensino Superior pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Presidente Venceslau, SP (1992).

Foi professora do Estado de Mato Grosso e do Instituto Várzea-grandense de Educação. Tem experiência nas áreas do magistério e pesquisas, com ênfase em História, Memória, Genealogia e Biografias, atuando principalmente nos seguintes temas: água, história das instituições, de vidas, de cidades. Foi jornalista da Sanemat e Sanecap – Cia. de Água de Mato Grosso e de Cuiabá. É escritora e documentarista. Professora pesquisadora do curso de Administração, à Distância, da UFMT. Orientadora do curso de pós-graduação em Administração Pública da UFMT, polo de Sorriso. Professora do curso de Turismo e Habilidades do Projovem, pela Fundetec-MT. Autora da pesquisa sobre os 40 anos do Senai-MT. Atualmente é presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, IHGMT, e membro da Academia Mato-grossense de Letras.

Deixe seu comentário

0 Comentários

MAIS DESTAQUES

Geral

Motorista tenta ultrapassagem e bate HB20 em Gol em rodovia de MT - Cidade
Cidade

Motorista tenta ultrapassagem e bate HB20 em Gol em rodovia de MT

Após perder casa por conta da chuva, homem usa jangada para ajudar no resgate de vizinhos na BA: '85 voltas desde 4h da manhã' - Cidade
Cidade

Após perder casa por conta da chuva, homem usa jangada para ajudar no resgate de vizinhos na BA: '85 voltas desde 4h da manhã'

Emanuel Pinheiro determina criação de plano de contingência para enfrentamento de surto gripal - Saúde
Saúde

Emanuel Pinheiro determina criação de plano de contingência para enfrentamento de surto gripal

Economista avalia que, apesar de melhora em comparação a anos anteriores, 2022 não será ano de crescimento - Economia
Economia

Economista avalia que, apesar de melhora em comparação a anos anteriores, 2022 não será ano de crescimento

Mauro deverá ter pelo menos sete baixas em seu staff principal; apenas Gilberto confirma candidatura - Política
Política

Mauro deverá ter pelo menos sete baixas em seu staff principal; apenas Gilberto confirma candidatura

Justiça determina ampliação de cobertura de tratamento oncológico - Saúde
Saúde

Justiça determina ampliação de cobertura de tratamento oncológico

TCE-MT indefere pedido de cautelar que impediria distribuição de 15 mil cestas básicas pela Prefeitura de Cuiabá - Política
Política

TCE-MT indefere pedido de cautelar que impediria distribuição de 15 mil cestas básicas pela Prefeitura de Cuiabá

Operação Fim de Ano da PM prende 1,8 mil pessoas em MT - Policial
Policial

Operação Fim de Ano da PM prende 1,8 mil pessoas em MT

Deputada diz que “Brasil precisa avançar” e vê solução em 2022 - Saúde
Saúde

Deputada diz que “Brasil precisa avançar” e vê solução em 2022

Mudança na previdência desagrada militares de MT - Política
Política

Mudança na previdência desagrada militares de MT

Beto diz que DEM tentou “arrancar de Mauro” se ele irá para reeleição, mas não houve resposta - Política
Política

Beto diz que DEM tentou “arrancar de Mauro” se ele irá para reeleição, mas não houve resposta

O retorno da inflação em 2021: veja como a alta de preços afetou a economia e o bolso dos brasileiros - Economia
Economia

O retorno da inflação em 2021: veja como a alta de preços afetou a economia e o bolso dos brasileiros

China impõe lockdown a 13 milhões para conter surto de Covid-19 - Saúde
Saúde

China impõe lockdown a 13 milhões para conter surto de Covid-19

Governo recupera 12,6% do que o TCU aponta como pagamentos irregulares do auxílio emergencial - Economia
Economia

Governo recupera 12,6% do que o TCU aponta como pagamentos irregulares do auxílio emergencial

Mato Grosso recebe 81.900 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (23) - Saúde
Saúde

Mato Grosso recebe 81.900 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (23)

Governo anuncia quitação de dívida do VLT: “Não devemos mais” - Economia
Economia

Governo anuncia quitação de dívida do VLT: “Não devemos mais”

Mion paga promessa por entrar na Globo e caminha 110km - Cultura
Cultura

Mion paga promessa por entrar na Globo e caminha 110km

Botelho critica alterações em projeto e diz que vota com Janaina - Saúde
Saúde

Botelho critica alterações em projeto e diz que vota com Janaina